quinta-feira, 7 de junho de 2007

A vela...


Uma Vela

Reascende a chama

para depois apagá-la
por meio do ar
que sai das tuas narinas
num suave respirar.
...

Verdade (?)

A verdade nua e crua
que de mim se apodera
sem reservas,
sem lamurias,
sem compaixão.
Delirios de uma mente anestesiada
que só encontra sossego
em meio a devaneios.
Sem piedade,
sem coragem,
sem perdão.
A verdade exposta..
Quase morta?
Não encontra espaço,
no calabouço intacto do meu ser,
para se proliferar e crescer...
Vive solitária em si mesma
A verdade insana,
que me consome até as entranhas,
antes de desfalecer...
...

ps: adoro feriados! melhor quando junta com o fds,

mas nem tudo são flores..

bom fds!

x* namastê *x

16 comentários:

quel_ramos2 disse...

nem tudo sao flores..
essa faculdade vai matar a gente neh?
=***
num sei como vc consegue ser criativa mesmo nesses momentos!
auhauauua!

Pedrinho disse...

Assim é a vida. O mesmo elemento que alimenta a chama, tb pode matá-la. Depende apenas de como se é usado. Metáfora muito boa sobre os sentimentos da vida. Coisas que só podemos, sem sucesso, tentar entender. Quanto a verdade exposta e a verdade intriseca... acredito que é apenas questão de tempo para que a primeira ocupe o espaço da segunda. Assim que a verdade insana "desfalecer", deixará o campo aberto para que o calabouço, antes intacto, possa ser usado para a nova verdade "proliferar e crescer", não só dentro, mas fora dos devaneios. Apesar do tom pessimista, teu texto foi tão expressivo que minha mente foi a milhão! Beijinho pra tu!

Nen tudo são flores, mas daqui a pouco será férias. As coisas tendem a melhorar! AHUHAUUAUUAHAUUAH =D

aNNaFLaVia disse...

Bacana isso!!


Ai, eu gostava tanto de feriado quando tava estudando e trabalhando! ;P

rs


Beijos e bom fim de semana pra vocÊ!

Edson Bezerra disse...

Belo, como sempre!

Mas será que não temos o poder de alterar essa tal "verdade"? Será que ela nos mata diariamente por uma permissão nossa?

Beijão

Rosangela disse...

Lindo texto e de verdade nem tudo são flores...
Passando a primeira vez por aqui, e voltarei com total certeza...beijos

Paulo Mello disse...

É isso mesmo, amiguinha, nem tudo são flores... Mas quem não gosta de um feriado próximo a um final de semana? É tudo de bom! E a garganta, já melhorou?

Belos versos nessa tua última postagem!

Fica meu abraço e os votos de uma semana de alegria e paz.

R Lima disse...

Vida que se vive... verdade que nos limita...

A qts velas precisamos acender para iluminarmos?

Belo blog, belo texto.. parabéns!!!



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Lua disse...

a verdade insana... o verdadezinha...

nada quanto ao cara eu fui um tanto quanto cruel em atitudes e completamente sarcastica meio ironica... e ficaria meio mal se alguem fizesse o mesmo comigo... mas ele mereceu... e estranho agora a forma como ele chega agora ao lado de outra que nem é a mesma que ele diz que gosta,pq essa que gosta dele e ele idem agora nao sai do meu lado. e me vem me tratar estranha. nao sabe como agir. esta completamente com vergonha. e eu rindo atoa... pra ver se toma um rumo...

feriado se tornou uma das piores coisas pra mim... pq sempre que tem um ao em vez de relaxar eu me acabo mais ainda....beijos

Ácido Poético disse...

Sensacional...
Um sopro de vida!

Beijoca
Brunø

vida de vidro disse...

Ai, a verdade, a verdade... E será que nós a queremos ver? :)
Nem tudo são flores... mas as flores também existem! **

eu disse...

Não me fales em chamas que eu estou mortinha por saltar à fogueira.
Continua a escrever.
Beijocas


D. Galinha

Sono Igor Sono Igor disse...

não tive razões extras para colocar aquele texto...cuidado com essas paranias de conspiração!
.
"Por que deixar uma simples verdade acabar com uma grande estória?" Assim disse um colega meu!
.
Essa convenção que chamamos verdade chega a ser mais prepotente que eu.
.
Gostei do grito minininininha! o legal é que formou quase uma fórmula onde a palavra verdade pode ser trocada por outras sem alterar a profundidade ou aplicabilidade do texto.

Bárbara P. disse...

E aquilo que imaginamos ser verdade, é o grande desvio. Mas é insana a verdade e fingimos ser mentira pra vivermos no caminho que escolhemos.

Viajei, fofura. Desculpe-me...

Alê Namastê disse...

Ontem eu vi várias velas arderem...lindo!
Beijos*

Jô Beckman disse...

nem tudo são flores e nem tudo vale à pena....
beijos

Edna Federico disse...

Lindo texto e muito verdadeiro