quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Algodão doce


Tem dias que as nuvens parecem algodão doce...
branquinhas, gordinhas, recheadas de pureza.
Dá vontade de ir lá em cima e pegar um pedacinho
e ir devorando aos pouquinhos
se enchendo de leveza...

Eu preciso de um pouco de leveza, não que eu esteja pesada.. a ceia não foi tão gorda assim.. é só que existem pesos inexplicáveis(?) que surgem inesperadamente(?) e ficam..

Enfim, um natal repleto de luz, amor, saúde e paz pra todos nós! E que o tal discurso da data comercial que virou o natal seja levado a sério e sirva pra gente refletir um pouco.. não que ganhar presente num seja legal, claro que é, mas tá mui longe de ser o principal.. ;)

Muita rabanada :D namastê :D

4 comentários:

Franzé Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Franzé Oliveira disse...

Preciso da leveza aparente da lua. Suspensa no infinito, infinitamente LINDA.

maa.rcela disse...

aah, eu sempre procuro leveza.. ninguém deve gostar de se sentir pesado, carregando um peso nas costas ou algo assim, n ão é ? :)
baaci, Lú

Tyellë disse...

Sempre procuro uma leveza...encontro-a na fotografia, nas nuvens, nas cores, na natureza...

lindas palavras
belas linhas
lindo blog

bjus